Estados Unidos sancionam principal grupo petrolífero do Irã

Washington — O Departamento do Tesouro dos Estados Unidos sancionou nesta sexta-feira o maior grupo petrolífero do Irã e uma rede de 39 companhias subsidiárias nacionais e estrangeiras, responsáveis, segundo Washington, por 50% das exportações de petróleo iraniano.

Em comunicado, o Tesouro americano acusou o grupo empresarial Persian Gulf Petrochemical Industries Company (PGPIC) de “apoio financeiro às atividades da Guarda Revolucionária iraniana”, designada como terrorista pelos EUA em abril.

O conjunto de companhias sancionadas somam 40% de toda a produção de petróleo no Irã e acumula uma presença multimilionária no país derivada de outros negócios, como construção, aviação e defesa, indicou a nota do Governo americano.

“Colocamos o foco sobre esta rede com o objetivo de negar fundos àqueles elementos-chave do setor petroquímico do Irã que brindam apoio à Guarda Revolucionária”, disse o secretário do Tesouro dos EUA, Steven Mnuchin, no comunicado.

De acordo com o governo americano, o conjunto de companhias sancionadas tem uma presença dominante no mundo financeiro e empresarial iraniano, cujos lucros são destinados à “proliferação de armas de destruição em massa, entre outras atividades nefastas da Guarda Revolucionária”.

Para o Tesouro, as práticas financiadas por estas empresas incluem o apoio ao terrorismo e uma variedade de abusos contra os direitos humanos, tanto no Irã como no exterior.

No alerta, Washington afirmou que outras firmas internacionais, que não identificou, “mantêm laços” e negócios com as petrolíferas sancionadas e advertiu que castigará àquelas que continuarem colaborando com PGPIC e suas subsidiárias ou agentes de venda.

Como consequência das sanções, qualquer ativo das empresas nos EUA fica bloqueado, incluídos os que estiverem em posse de cidadãos americanos.

Além disso, está proibido que americanos façam transações com os sancionados.

Qualquer instituição financeira estrangeira que facilite uma transação financeira significativa às entidades designadas ou a pessoas vinculadas com as mesmas poderia ficar submissa a represálias por parte dos EUA.

Nas últimas semanas, as tensões entre EUA e Irã aumentaram significativamente e Washington reforçou seu desdobramento militar no Oriente Médio como uma “advertência” para Teerã.


Fonte: Exame Estados Unidos sancionam principal grupo petrolífero do Irã

Compartilhar Post :

More Posts

Deixe uma resposta